Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desabafo

Hoje eu não consigo escrever,  por mais que eu tente (e eu já tentei várias vezes), meu coração não se acalma, meus olhos não secam.
Hoje a segurança,  a maturidade, a auto-confiança,  dão lugar ao menino sem voz. Que de um canto qualquer,  assiste ao mundo que ele não criou.
Hoje o tempo promete se arrastar,  será longo esse dia.
Hoje eu saio do mundo, morrendo de fora pra dentro. Hoje eu não aguento, não quero e não preciso de mais sofrimento.
Hoje serei ilha,  cercado por todos os lados daquilo que mais abomino,  o mar de mentiras, falsidade e hipocrisia que me cerca.
Hoje não quero conselho,  nem palavra de ajuda. Nem que Deus me acuda. Nem ombro ou nada amigo.
Hoje o negócio é comigo. Hoje a guerra é por dentro.
Hoje o silêncio é quem manda.
Hoje a sereia não canta, e ainda que cante, jamais será para mim.
Hoje é começo dr fim, ou marco de novo tempo.
Hoje o demônio que enfrento, vai ter que me olhar nos olhos. Vai ter que dizer de frente o que espera de mim.
Hoje eu vou kamikaze, nessa viagem pra dentro, hoje de vez eu decido o que eu quero de mim.
Hoje não sou poesia e não tem música no fim.
Diário de um Louco
Enviado por Diário de um Louco em 23/04/2019
Código do texto: T6630208
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diário de um Louco
São Paulo - São Paulo - Brasil
212 textos (7523 leituras)
1 áudios (99 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/05/19 22:03)
Diário  de um Louco