Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENTRE OS ASTROS QUE GOSTO.


A NOITE QUER PARTIR...
ATE QUANDO ELA VAI FICAR?
NÃO VEJO O DIA PASSAR
SOU DA NOITE EM CLARO
PORQUE É OPÇÃO MINHA,
TROQUEI DESDE QUE
ME REINVENTEI VIVER.

A NEGRITUDE É POESIA
SEM DIMINUIR O RITMO
SALTO NAS ESTRELAS
ESCREVO PARA A LUA
DAQUI DESSA MESA DE BAR
ONDE TUDO ACONTECE.

SE BEBERICO UM DRY MARTINI
É PARA ESCREVER MANSAMENTE
DESLISANDO NAS CHAMAS ACESAS
QUE A LITERATURA POR QUERER
BEBE COMIGO ME VISITANDO
PONDO LIBERDADE EM MINHA CANETA.

OUÇO NOTURNOS...
DESAFIANDO SOU DESAFIADO
SE SOU PRETENSIOSO NÃO SEI
RABISCO,RISCO,LISTO,CONTO CAUSOS,
E AINDA QUE INÉDITO,
PAREÇO PROCEDER ATRAVÉS
DAS PALAVRAS INCALCULADAS,
E ISSO CONTAR NÃO POSSO.

SE HÁ ALGO DE ERRADO EM MIM
TEM MESMO QUE SER PROVADO,
ESSE PEDAÇO DE HISTÓRIA FASCINA,
ME FASCINA E FASCINA...
POR ISSO, NÃO CONSIGO PARAR,
É FATO.



                                              CONDOR AZUL.

Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 09/05/2019
Código do texto: T6643175
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 57 anos
831 textos (29812 leituras)
1 áudios (183 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 08:10)
Condor Azul