Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEMPRE POR AMOR.


AINDA NÃO LI
A CARTA QUE VOCÊ DEIXOU,
MUITAS DÚVIDAS
DAQUELE TEMPO
QUANDO NOS CONHECEMOS.
APENAS UM ENCONTRO,
TALVEZ NÃO FOSSE
UM GRANDE AMOR,
PORQUE MAIS JOVENS
PENSAMOS NO PRAZER.
MAS, ATE OS DIAS ATUAIS,
ALGUMA COISA
AINDA MEXE COMIGO
E O TEU CHEIRO
NUNCA ESQUECI.
VOCÊ CONTINUA LINDA
POSSO DIZER QUE NADA MUDOU,
MAS, SE ERA FANTASIA,
AGORA PODE SER REAL.
TEMOS VERDADES
E SABEMOS QUE SÓ DEPENDE
DE NÓS DOIS E DE MAIS NINGUÉM.
VOU ABRIR A CARTA
NA SUA PRESENÇA,
ALÉM DE NÓS
A HISTÓRIA SEGUIRÁ
O MESMO RUMO
DOS NOSSOS DESEJOS DE OUTRORA.
NESTA NOITE VIVEREMOS,
VIVEREMOS O QUE
JÁ ESTAVA ESCRITO.


                                    CONDOR AZUL.














Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 10/06/2019
Código do texto: T6669386
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 57 anos
832 textos (29826 leituras)
1 áudios (183 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 11:48)
Condor Azul