Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE POETA A LOUCO




Pinto a cor dos mundos
Numa tela sem igual
Escrevo vocábulos profundos
Em um poema genial.

De poeta a louco
Navego na insanidade
Resta-me tão pouco
Desta tal felicidade.



Brinco com tintas e letras
Tentando transparecer
Os sons tocados em retretas
Ou a luz do sol ao anoitecer.


Sujo uma, duas telas...
Com pinceladas audazes
Tentando exprimir nelas
Meus sentimentos fugazes.


Tento com as palavras
Fazer uma certa magia
Mas torna-se como as lavras
Aparentemente tão frias.

O pintor é um sonhador
O poeta um enamorado
Só sabem traduzir o amor
Em seus versos ou quadros!


Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 10/11/2005
Código do texto: T69734


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (954074 leituras)
16 áudios (8943 audições)
311 e-livros (34599 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/11/20 23:16)
Denise Severgnini