Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FOME DE AMOR

Autora: Regilene Rodrigues Neves

Vem...
Quero que sinta
À vontade de ti nascendo em meu corpo
Os sentidos enlouquecidos e latentes
A boca molhada
Implorando tua língua
Numa carência ardente
Da fome do teu beijo

Vem...
Roça-me tua pele
Incendeia-me provoca-me
Faça fluir em meus poros
O suor do êxtase da paixão

Entranhe minha alma
Siga meus extintos
Loucos atrevidos de ti
Sacia-me desta invasão de privacidade amante
Em volúpia sedenta do meu corpo
Percorre minhas entranhas
Um vulcão em larvas
Querendo acordar

Derramar em gozo
O prazer inesgotável
Que é te amar
Numa mistura de macho e fêmea
Em essências dos sentidos e dos amantes

Venha-me louco de caricias
Quero sentir teu arfar ofegante
Deliciar-me da tua vontade
Sentir o frêmito da tua ansiedade
Render-me ao teu corpo
E cavalgar pelas notas dos extintos
Em entrega absoluta
Das canções dos gemidos
Ouvir teus sussurros embriagados e torpes
Do meu corpo!

Vem...
Para que à noite
Não fuja em solidão
E a razão não tenha que sofrer
A saudade
Que é não ter você!
regipoeta
Enviado por regipoeta em 13/11/2005
Código do texto: T71152


Comentários

Sobre a autora
regipoeta
Goiânia - Goiás - Brasil, 57 anos
1454 textos (154596 leituras)
22 e-livros (7200 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 14:10)
regipoeta