Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vôo solitário

Que os malditos entrem em minha mente
E desvendem os olhos dela..
Pois mesmo assim não irão vender, nem me vendar
A imagem doce daqueles olhos desesperados..
Da minha boca não sai  nada que me ligue mais a ela
Mas a amo como uma rosa sem medos dos seus espinhos
A amo mesmo sabendo que por conta deste amor
Eu hei de morrer sozinho .


Vladimir Jacob ( meu heteronimo)
Rosalice
Enviado por Rosalice em 17/12/2005
Reeditado em 29/05/2006
Código do texto: T86917

Comentários

Sobre a autora
Rosalice
São Luís - Maranhão - Brasil, 36 anos
55 textos (2758 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/04/21 15:16)
Rosalice