Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARTE E MORTE...

   Nasci do universo.
Cresci pelo verso
Que surge em mim.
E na vulgaridade que transpira...
Eu revejo minha estrada sem vida
E aí sim eu vibro; vibro no charco
Vibro com os Mamonas.
Vibro com o Ultraje.
E vibro com Arte - Sem luan, ou safadão.
No meio da mediocridade dos dias...
Que passam, e que chutam o tempo.
Que foi, e é ainda o meu bom tempo.
E a morte toma uma atitude: Vir e levar.
E eu vou, com o rosto elevado
O rosto de quem viu e foi ARTE E SORTE.
Valéria Guerra
Enviado por Valéria Guerra em 11/10/2016
Reeditado em 11/10/2016
Código do texto: T5788742
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Guerra
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3440 textos (121178 leituras)
196 áudios (9318 audições)
3 e-livros (183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/07/19 06:40)
Valéria Guerra