Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU PAPAI NOEL



Eu criança rebelde...
contudo à noite, as orações sempre fazia.
E pedia ao bom velhinho meu presente cobiçado,
coisa simples...uma boneca, dentro do seu carrinho.
Dias, meses, passando, nessa espera... ficando,
até que, enfim, chega dezembro!
Ansiedade aumentando, será que o bom velhinho
de sua pequena se lembraria?
Contudo ele não poderia esquecer- me,
 todas as noites, com ele eu falava.
E meu pedido reiterava!

O que a ingênua menina ignorava,
era que o Papai Noel, que ela tanto amava,
ao seu lado, estava, triste, desiludido.
Seu emprego ele havia perdido,
com toda garra, lutava. para que alimento,
em seu humilde lar, não faltasse.
Enfim chega a noite tão esperada,
sapatinho na janela, capim, fresquinho.
Afinal o bom velhinho, tinha que sua rena, alimentar...
A menina não consegue dormir,
coração... descompassado.
Até que amanhece o grande dia!

Qual não foi sua desilusão!
O bom velhinho, dela, não havia esquecido,
mas a boneca no carrinho... ela não encontrou.
O que ali, ela viu, foi a fruta que mais gostava!
Uma linda maçã, perfumada!
Num ímpeto de fúria e frustração,
na parede estilhaçou a maçã.
Pois a mente da pobre criança,
entender, não, conseguia!

Porque o bom velhinho,
dela havia esquecido?
Foi o mais triste Natal,
a menina que chorava,
pois seu presente, não ganhara!
E seus país angustiados,
com o coração apertado!
Tiveram que a verdade revelar...
Papai Noel era um, mito
ele, não existia!
Assim a pobre menina,
sua primeira desilusão...
na vida... conheceria!

O texto é real, a personagem é a autora.

Nadir D'Onofrio
02-12-2003 10:42h
Praia Grande-SP
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 03/02/2005
Reeditado em 13/09/2018
Código do texto: T3420
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Serra Negra - São Paulo - Brasil
948 textos (98986 leituras)
147 áudios (13484 audições)
18 e-livros (4409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/12/18 06:08)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor