Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foto do perfil, Lindalva Borba Xavier.
"Facebook"

 
*** A LAGOA (Por Lindalva Borba Xavier) ***
 
Serena, calma e tranquila a lagoa sempre está,
trazendo aos corações, a paz que aqui vimos buscar.
Todas as pessoas, precisam da paz e dela se deleitar,
da grandeza do Senhor, da sua bondade tão rara e singular.
Nos presenteando a nós todos, Deus saber nos agraciar,
cada um dos seus filhos que na terra vieram habitar.
Sem se importar com quais espécies, todas na mesma arca.
São patos, gansos ou cisnes... Tudo nos vem demonstrar,
que a natureza é unida, que nós devemos preservá-la.
Vamos viver em harmonia, cada coisa em seu lugar,
Os pássaros diversos voando, indo, vindo...
Os seres humanos em plena contemplação,
um quadro perfeito, que só mesmo Deus soube criar...
 
 
(Lbxavier)
 
José Aprígio da Silva 

Dona Lindalva, esse lugar é como uma poesia escreva uma, sei que tem talento de sobra.

23 de janeiro de 2013 às 06:06  

Observações:

 
     D. Lindalva, eu tinha me esquecido que eu tinha feito esse comentário nessa foto no Facebook, ontem conversando com a Fernanda, ela me falou desse comentário meu, fui verificar e realmente eu tinha feito o comentário, peço-lhe desculpa pela minha falta de atenção, sou meio voador, coisa da idade, ando meio esquecido.
     Olha o seu texto realmente ficou lindo, é claro que eu também coloquei o meu dedo fazendo algumas interações, sem ferir o seu pensamento original. Valeu, te espero aqui no Recanto das letras.      Felicidades!!!



 
José Aprígio da Silva.
"Lorde dos Acrósticos"
Stenius Porto.
Ceilândia/DF.
Sexta-feira, 18 de julho de 2014 - 08h42.

************************


 
21/07/2014 11:55 - Lindalva Borba Xavier [não autenticado*]
Obrigada por todas as palavras aqui expostas eu sou apenas uma pessoa que ama a vida e escrevo o que sinto em meu coração, Deus abençoe a todos vocês.
 

*******************************************


21/07/2014 12:05 - Lindalva Borba Xavier [não autenticado*]
Sou alguém que ama a vida e desfruto do que posso, as vezes escrevendo versos, em outras lendo o que faço, e a vida vai passando me livrando do cansaço.
LINDALVA BORBA XAVIER.
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 18/07/2014
Reeditado em 22/07/2014
Código do texto: T4886477
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 61 anos
1926 textos (183792 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/05/21 09:20)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA