Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mercador de ilusões.

Quantas mentiras  inventastes  até aqui?
Quantos  perfis criastes  para iludir?
Sem contar com as fotos  trocadas,
 nomes, profissão.
Tudo bem articulado.
Para enganar , iludir ,um coração.
Pena viu...
Olha-te no espelho.
Quem pensas  assim enganar?
Nunca serás quem dizes ser.
Tuas mentiras um dia irão aparecer.
Aí o que irás fazer?
Pare, presta atenção.
Tua máscara rolará pelo chão.
E então?
Será muito tarde pra pedires perdão.
Nesta altura já dilaceraste,
maltratastes  sem compaixão.
Destruístes vidas, magoastes mais de um coração.
Por que brincar com sentimentos?
Criar expectativa, alimentar ilusão.
Um dia disso terás arrependimento.
Ou não... Nem sei...
Com coração, não se brinca não.
Hoje ris...
És o caçador.
Amanhã, poderás sentir dor,
quando fores à caça.
Aí , será tarde de mais.
O feitiço virou contra o feiticeiro.


Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 20/03/2009
Código do texto: T1497048

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
345 textos (32895 leituras)
3 áudios (633 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 16:37)
Iolanda Brazão