Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma Falsa Pureza

Onde estará meu chão umedecido,
Que brota em campos virgens e cheirosos
De aroma macio por seu colorido,
No seio da mata... tão fervorosa!

Onde repousará o passarinho?
Nas belas tardes vai cantarolando,
Em meio à fumaça, procura um ninho;
Mesmo assim, permanece assoviando.

É que hoje vivemos tempos injustos,
Comemos migalhas de velhos pães
E sentimos pena dos impolutos.

Os homens, denominados ilustres,
Nada fazem e honestos são os cães,
Tal como o povo, nas mãos dos abutres.
Paulinho Parada
Enviado por Paulinho Parada em 25/05/2009
Código do texto: T1613991


Comentários

Sobre o autor
Paulinho Parada
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 31 anos
84 textos (2903 leituras)
13 áudios (323 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 01:29)
Paulinho Parada