Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Texto para Ciranda do mesmo Tema.

ASSIM QUE VIVO         
Nadir A. D’Onofrio


Nunca deixei de te amar
Bem sei quão difícil é entender.
Gostaria que tivesse sido diferente!
Um relacionamento lindo, quase perfeito,
Como sempre almejamos ter...
Quem de nós é dono do próprio destino?
Ele zomba, modifica, altera rumos!
Não quero viver de saudade,
Que magoa, entristece, enrijece.
Quero sonhar acordada,
Vislumbrando sua imagem.
Imaginar sem cessar, um amor que é teu e meu,
Não importa que o tempo passe...
O destino se renderá, diante da fixação
Que vencerá, doenças, ultrapassará barreiras.
Creia o sentimento é maior
Vencerá todos os desafios!

10/01/2005
Santos/ SP
Respeite Direitos Autorais.

 









 
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 18/01/2005
Reeditado em 13/10/2020
Código do texto: T1828
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Serra Negra - São Paulo - Brasil
947 textos (103356 leituras)
147 áudios (14213 audições)
12 e-livros (3173 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/11/20 07:11)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor