Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM  POEMA  REAL DE AMOR

Hoje a noite esta muito mais fria,
Face a tanta solidão e angustia,
Incrédula em meio a tudo,
Percebo o grande amor perdido,
Por novamente acreditar no impossível,
Pois, este amor que finalmente acaba,
Até hoje só sobrevivia comigo.
A amizade sempre declarada,
Nunca na verdade existiu,
Pois, foi cercada de mentiras,
O poeta que tão bem escreve,
Sobre tantos sentimentos,
Na realidade nunca amou,
Restou a ele somente os versos,
Quem sabe encante outras musas,
Quem sabe faça sucesso entre elas,
Mas, quem sabe um dia lamente,
E componha um poema diferente,
Que demonstre seu verdadeiro verso.
Quanto a mim... apesar de tudo,
Sigo ainda acreditando ser possível,
Encontrar um poema real e honesto,
Que demonstre a alma linda e sincera,
Do homem sensível que a escreveu.

Sônia Ferraz - 12/11/09

"Ser poeta  também é ter pelos outros o respeito que deseja  pra si mesmo"
Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 12/11/2009
Reeditado em 12/11/2009
Código do texto: T1918819
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 64 anos
673 textos (38549 leituras)
33 áudios (5916 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 13:41)
Sonia Ferraz