Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOJE


Hoje eu queria ser o vento
Sem rumo, sem paradeiro,
Campear o mundo inteiro
Na procura de um sentimento.
Vento em brisa,  redemoinho,
Vento na brisa, ou furacão,
Vento sempre segue sozinho...
Vento ventando em oração!

Hoje que queria ser chuva
Fertilizando a terra exaurida
Granando os cachos de uva
Saciando a sede da vida.
Seria chuva garoa , chuva fina
Caindo mansa de carinho
Linda de ver, espelhada na retina.
Ia ser chuva e lavar os caminhos.

Hoje eu queria ser fogo
Incinerar a dor em cada peito
Aquecer o frio, virar o jogo
Mostrar que a tristeza tem jeito.
Seria fogo que tudo acalenta
Em terna e rara, perene  chama
Luz da labareda que orienta
Brasa de amor no coração que ama.

Hoje eu seria terra , somente...
Seria abrigo, porto seguro.
Terra nutrindo a semente,
Berço da vida protegendo futuro.
Seria terra mãe, amiga, irmã
Acolhendo a lagrima quente
Numa promessa de amanhã
Amparando o sorriso do presente.

Hoje queria ser mundo, ser prece,
Ser oferenda, ser o que é preciso ser
Ser tudo de melhor que eu pudesse
E em luz e paz me desfazer.
Queria te dar hoje tudo de meu
Entrega de amor, em sonho me fazer
Hoje queria ser coisa qualquer,
Qualquer um...menos eu.
Liane Furiatti
Enviado por Liane Furiatti em 01/03/2007
Reeditado em 20/01/2009
Código do texto: T398045
Classificação de conteúdo: seguro


Sobre a autora
Liane Furiatti
Curitiba - Paraná - Brasil
786 textos (42238 leituras)
1 áudios (23 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 04:29)
Liane Furiatti