Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Vida.

Iolanda Brazão


Entre o nascimento e a morte
A Vida
Às vezes incontida
Sofrida
Mas sempre vida
Que deve ser vivida
Com esperança
Com alegria
Com  diguinidade
Porque precisamos dela
Para viver
Com serenidade
Maturidade
Construir sonhos
Transformando-os em realidade
Por isso cuidado
Não se exponha na cidade
Há tantos riscos
Melhor não facilitar
Nem criar situações
Proteja sua vida
Ela e seu maior bem
Por isso
Não a coloque nas mãos de ninguém
Não se torne refém
De a ela uma direção
Com sua intuição
Com sua sabedoria
Mas preste bastante atenção
Nunca ande na contramão
Para não cair em cilada
Há sombra na calçada
E muito perigo no ar
Semeie  sempre o bem
Não plante discórdia
Vá muito mais além
Faça a sua parte
Não esquecendo
Que a vida é seu maior bem
Portanto cuide dela.
Ela só a você pertence
E a mais ninguém
Não esqueça nunca:
Ela é seu maior bem.
Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 02/04/2007
Código do texto: T435118


Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
346 textos (33067 leituras)
3 áudios (634 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/04/21 00:30)
Iolanda Brazão