Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



A MINHA PAZ

 
Quero estender minha paz onde puder,
poder também, dividir tudo que for meu.
Ir caminhando lentamente, mesmo a pé,
o meu desejo é dividir, parte do meu eu.
 
Quero poder levar pra  bem longe a alegria,
poder ouvir os gritos e  risadas das crianças.
Quero sentir, partilhar com elas todos os dias,
mesmo que seja, só um pouco de esperança.
 
Quero poder ouvir a minha voz em alto tom,
também gritar ou falar de todo amor que sinto.
Quero poder partilhar tudo, daquilo que é bom,
e não sentir vergonha, se, como criança, brinco.
 
Quero ser esta criança que  ainda tenta aprender,
dando meus primeiros passos na arte da poesia.
Fazer cara de bobo se alguém me surpreende,
pra depois dar muitas gargalhadas de alegria.
 
Quero poder estender a minha paz aonde eu for,
depois poder dividir em pedaços, todo meu eu.
Poder distribuir entre todos, partes deste amor,
dividir entre os irmãos, só aquilo que for meu.
 
Se tudo isso eu vier fazer com amor e alegria,
esquecendo sofrimentos que um dia eu passei,
poderei entender que tudo passa, e noutro dia,
então sorrirei de todas as vezes que eu chorei.
 
Eu quero levar a minha paz para onde for,
pra ofertar com uma canção, o meu amor.
 

 
08/01/2014-VEM
 

 
Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 09/01/2014
Reeditado em 09/01/2014
Código do texto: T4642455
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (122096 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/03/21 05:05)
Vanderleis Maia