Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema triste


Divido com vocês uma cena que avistei: uma avó, já idosa como costumam ser as avós, ajudava o pequeno neto a erguer-se para adentrar o contêiner cheio de lixo e pegar comida. Daí surgiu-me um poema triste.

***************

Poderia parecer engano
O que era uma cena bruta
Mas é um padecer humano
Resultado da ação de uma minoria tão corrupta.

E isso dói
Numa dor condoída
Que corrói
Ao ver a dor de uma vida.

Mas se a mente reclama
É o coração quem chora...
Teria a maldade humana
Saído realmente da caixa de Pandora?
Rogério Nascente
Enviado por Rogério Nascente em 12/07/2007
Código do texto: T562549

Comentários

Sobre o autor
Rogério Nascente
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
828 textos (46249 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/05/21 06:12)
Rogério Nascente