Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia mulher

Definam-me poesia de forma clara e objetiva
sem deixar espaço a questionamentos
mas não me venham dizer que poesia é texto
porque “texto” é uma palavra fria e masculina,
é palavra inodora e insípida.
Poesia é uma mulher
e como mulher é cheia de manhas e artimanhas.
Poesia é mulher que quer quando não quer,
que se esconde quando se mostra
e que aparece quando se oculta.
Poesia é mulher apaixonada e romântica
que soa suave aos ouvidos,
encanta os olhos
e é agradável ao paladar da arte de amar.
Poesia é mulher inteligente e bela
que comanda toda uma situação
mesmo parecendo aos olhos do mundo submissa.
Poesia é mulher ferida, revoltada e vingativa
que consegue conter uma lágrima
enquanto por trás de um sorriso esconde uma forca.
Poesia é mulher de tpm
que explode tudo e todos à sua volta
e depois volta
com um sorriso reconciliador
sabendo-se já perdoada.
Poesia é mulher de fases, simples e complexas...
Não! Não! Poesia não é simples.
Poesia é mulher, simplesmente mulher,
que precisa ser compreendida e que deve ser amada,
mas que também fascina e amedronta.
Poesia é mulher, ser superior
e o poeta...
é apenas um instrumento em suas mãos.
Eu sou poeta!
                                                  Cícero – 04-12-09
Cícero Carlos Lopes
Enviado por Cícero Carlos Lopes em 03/02/2017
Reeditado em 09/02/2017
Código do texto: T5901394
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cícero Carlos Lopes
Ferraz de Vasconcelos - São Paulo - Brasil, 43 anos
374 textos (6600 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 17:20)
Cícero Carlos Lopes