Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Impossível

.
.
Alvíssaras para...
aliás e antes de mais:
Procura-se O Impossível!
Quase todas as vias
mesmo as que passam
pela noção da incipiencia
dos meios de busca
passsam também por  concluir-se
que o impossível
seja razoavelmente possível
ou, quando muito, só impensável
à luz da realidade
das nossas limitações.
O impossível terá sempre
aquela desagradável tendência
de fugir incessantemente
muito para lá do nosso alcance
por mais que este alastre
e se estenda a espaços
há muito imperscrutáveis
quem sabe se e só
por nunca antes almejados.
...Como algo que se sublima
continuamente a cada passo
na proximidade
do que não passa de...
ou pouco além estará do...
entulho de convicções
estoicamente adquiridas.
O impossível pode moldar-se
pela ideia de uma respiração
adentro do que não se entende
e como tal se encara
como algo de irrespirável,
intragável, impraticável,
como pensamento fora da vida.
Mesmo essa que se afoita
quase que alheia às margens
meramente biológicas.
O impossível pode revelar-se
como uma força
uma dinâmica evolutiva
aparentemente absurda
quando enquadrada
na tacanhez racional
rigorosamente convencionada;
Esse enquadramento é doentio
de uma maneira geral
e alastra como uma tirania
de arraiais assentes
no cerne da mente.
O impossível será, pois,
eventual_... mente
um instinto que se evade
do histórico edifício prisional
da inteligência humana.
Daí e, agora sim!, Alvíssaras
para quem avançar
uma simples pista
viável e conducente
à autenticação do impossível.
Cá estarei como por destino
a suspirar por um raio de luz
que me ilumine o caminho
e desvende o atalho.

.
______________________LuMe
Luis Melo
Enviado por Luis Melo em 12/06/2018
Código do texto: T6362561
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luis Melo
Portugal, 61 anos
112 textos (2693 leituras)
15 áudios (278 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/18 21:42)
Luis Melo