Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Na primeira primavera, depois de ti

 Na primeira primavera depois de ti, senti que o mundo ficara mais
triste e vazio!
Até as flores do jardim que antes me alegravam,
agora já não tinham o mesmo encanto!
A vida havia mudado, eu já nao era a mesma.
Tentei mudar de rumo, ser diferente, mas já era 
tarde demais para mudar.
Contigo foram meus sonhos, minhas vontades, desde então
nem o colorido das flores tinham importância.
Tentando me proteger, para não chorar, nem sofrer, deixei de voar!
Os dias, os meses e os anos foram passando sem que voltasse a ser
o que era antes, e hoje já nem sei quem és, nem tão pouco, quem sou.
Talvez ainda volte a sorrir, ou talvez continue a escrever poesias de amor, sem  endereço,mas elas jamais serão como antes.
Na  primeira primavera depois de ti, descobri que seria
somente eu e a saudade do amor eterno da minha mocidade!


 
POETA OLAVO: Interação

"VENHA PASSEAR EM MEU JARDIM,
TRAGA CONSIGO SUAS FLORES,
QUERO-TE BEM PERTINHO DE MIM,
PARA ACONCHEGAR NOSSOS AMORES." 
 
Ignez Freitas
Enviado por Ignez Freitas em 03/10/2018
Reeditado em 13/10/2018
Código do texto: T6466393
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ignez Freitas
São Paulo - São Paulo - Brasil
3419 textos (602423 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/09/19 04:58)
Ignez Freitas