Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto





Como cadeia sem fim me conheço
Dentro de mim me interrogo

O escuro Eu de mim
Pergunta ao meu claro Eu

De onde vim e o que sou?

O que me fez e criou?

Aonde estou e que sou?

Só sou.

Os largos caminhos estreitos
Procuro de olhos acesos

Em busca de mim
Por amor de mim

Inquieta
Pela clara certeza



18/11/2002

Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 30/10/2005
Reeditado em 05/10/2006
Código do texto: T65463
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Petronilho
Almada - Setúbal - Portugal, 68 anos
1277 textos (137236 leituras)
60 áudios (14444 audições)
9 e-livros (6392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/20 20:34)
Maria Petronilho

Site do Escritor