Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Os novos inquilinos do poder

Dentro dos calabouços do poder,
entre ratos furtivos e baratas,
os bichos, que ostentam duas patas,
aprendem facilmente a roer.

Vestidos em seus ternos e gravatas,
de colarinhos brancos engomados,
negam veementemente os seus pecados,
por sob mil senões e mil bravatas.

Assim dá-se a mudança, e nada muda.
E a cada dia fica mais polpuda
a pança do espúrio capital.

E os ratos e baratas, em festança,
ofertam os seus sobejos, como herança,
ao predador, herdeiro natural.

Não fosse algum deslize inusual,
ninguém daria conta da mudança.

É que um rato, seu moço, nunca cansa
de defecar nas sombras da moral.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 14/02/2019
Reeditado em 15/02/2019
Código do texto: T6574948
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 65 anos
1557 textos (73177 leituras)
35 áudios (706 audições)
13 e-livros (4709 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/06/19 06:11)
Herculano Alencar

Site do Escritor