Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carmas

Canela russa, cabelinho duro
Mais duro é a vida que dá cada murro
Piá inocente, sorriso alegre(ja foi um dia!)
Hoje entende os carmas da pele

Falo sobre ter que conviver em combate
Dentro do seu próprio eu
E achar natural todo o vazio que invade
A alma trazendo resquícios do que já foi teu

Prefiro não me aprofundar nessas águas
Rio onde tem piranha conheço nenhum que sobreviveu
Irei molhar os pés em fontes rasas
E mergulharei nesse profundo mar tão meu

Afogam a esperança de um povo fazendo contrário
Do que se prometeu
A culpa é nossa ou do sistema partidário?
Pois o estado diz que o designado não cometeu
Eliezer Barbosa
Enviado por Eliezer Barbosa em 15/04/2019
Código do texto: T6623918
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eliezer Barbosa
Capão do Leão - Rio Grande do Sul - Brasil
46 textos (464 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/05/19 16:25)
Eliezer Barbosa