Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

## ASSIM FOI ##


Já não são caros os lábios que mentiram,
as mãos que entre os pés se meteram,
palavras sem crédito queimam em ferroadas,
verteu enfim a bebida que um dia sorveram.

Joelhos abrasados em confessionário
balbuciam coisas que nem  lembram tanto,
é que nem todos navegam neste mar sem fim
e talvez nunca tenham sido mais, portanto...

Portanto que olhares não mais se cruzem,
deixando que a chuva molhe e seque,
concha sem pérola, ninho sem pássaro,
foi assim, como amor nos pés de um moleque.

(Taciana Valença)
TACIANA VALENÇA
Enviado por TACIANA VALENÇA em 12/09/2019
Código do texto: T6743377
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
TACIANA VALENÇA
Recife - Pernambuco - Brasil
2043 textos (156207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 09:17)
TACIANA VALENÇA