Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Para Ciranda do mesmo nome

SÓ UM RECADO

Quisera
Um poeta ser
Em palavras externar
O que sente um coração
Sedento de amor
Que vibra de emoção
Tendo que sufocar a paixão...

Quisera
Poder expressar
O sentimento de alegria, prazer,
Ao sentir a chuva cair, na terra salpicar
Ou fazer você ouvir os
Acordes, contidos na melodia
Suave, que o vento traz...

Quisera
Ter poder e chegar até você
Dizer dos meus sentimentos
Puros, impregnados de amor
Isento de ciúmes, possessão
Outrora... maliciosos
Apimentados, voluptuosos!

Como poeta... eu não sou!
Fica só um recado...
Deixe-se levar pela imaginação
Viva hoje como se, não existisse o amanhã.
Ame com a força de um tornado
Deixe a emoção sobrepujar a razão!
Seja feliz ou sofra com a desilusão...

Sentimentos existem
Para serem vivenciados
Portanto não se envergonhe
Se precisar...diga... eu não sei fazer!
Chore se tiver vontade!
Sorria de felicidade...
Ou ame... com intensidade!

Nadir A. D’Onofrio
05/10/2004
Santos/ SP
Respeite Direitos Autorais.
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 19/03/2005
Reeditado em 06/09/2020
Código do texto: T7013
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Serra Negra - São Paulo - Brasil
947 textos (104393 leituras)
147 áudios (14286 audições)
12 e-livros (3263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/21 21:56)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor