Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TENTO IMAGINAR:


Tento imaginar:


Tento imaginar...
Você sozinho (a), na madrugada.
Como eu, a escrever poesias.
Sonhando acordado (a), imaginando.
Em cada letra cada verso, sentir.
A seu lado a pessoa que ama, vir.
Trazer-lhe um pouco de carinho,
Beijar seus lábios, com loucura.
Abraçar seu corpo, amar com paixão.
Sem loucuras, simplesmente viver o amor!
E não ter que abraçar a solidão.
Nas noites mal dormidas,
Nas frases inacabadas.
Dos versos que não consigo escrever.
Porque meus pensamentos se perdem.
Enquanto procuro imagina-la.
Na poesia que escrevo, sem inspiração.


Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 24/11/2005
Código do texto: T75527
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (154297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/02/20 08:23)
Volnei Rijo Braga