Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REFLEXÃO...

Vasculhando a alma...
Limpando os cacos quebrados
Os estilhaços de raiva e ira contidos
Inúteis e perigosos, não tem como reciclar...
Espanando as ideias, mergulhando no caos
Recolhendo os escombros deixados
Pelos terremotos das desilusões
Não foram poucos abalos sísmicos em mim...
Me aprofundei tanto,
Fui no âmago de mim...
Vi tanto lixo... difícil voltar a superfície
Quando penso em deixar tudo isto entulhando
Preciso limpar minha mente
Meus oceanos suplicam meu socorro
As vidas que me habitam correm risco
Posso asfixiar meus sonhos...
Resignada eu resolvo ficar
Tirar os resíduos deixados pelas minhas escolhas erradas
Converso comigo, me acalento, me perdoou...
Agora meu mangue é de novo berçário...
A vida está garantida!
Me olho e respiro,
De volta a superfície de mim...
O quanto de superfície?
Agora só descobrir...
Tarefa para amanhã, tô com sono
Indo dormir!



 
Observadora
Enviado por Observadora em 25/03/2017
Código do texto: T5952005
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Observadora
Salvador - Bahia - Brasil, 53 anos
502 textos (28061 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 20:04)
Observadora