Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É EU QUANTAS VEZES?

 E EU, QUANTAS VEZES?
O galo cantou três vezes
Anates de me levantar,
Lembrei-me então de Pedro
Naquela passagem bíblica
E me pus a meditar:
Pedro fiel escudeiro,
Hoje do céu o chaveiro,
Por três vezes o negou,
Diante do poder da morte,
Sua fé se abalou.

Imagino eu pequenino,
Tão frágil na minha fé,
Quantas vezes não neguei,
Meu Jesus de Nazaré?
Talvez seja umas três vezes,
Por hora, ou por minuto.
Mas espero que Jesus
Me levante e me conduza,
Por este caminho reto,
Que é Ele mesmo,
Me faça crer e viver na verdade
E em Cristo, caminho, verdade e vida,
Eu possa viver.
Que Ele restaure a minha fé.

Pois Vós sabes meu Senhor,
De que matéria fui feito.
Conheces minhas vontades,
Meus acertos, meus defeitos,
Faça com que eu também possa
Quantas vezes for preciso,
Responder com minha vida
E não apenas com palavras,
Sabes o quanto eu te amo
E pra sempre hei de amar-te,
Fortaleça-me na fé
E que eu faça a minha parte,
Para honra e glória do Vosso Nome
E que eu não perca o direito
De ser também um contado
Entre os Vossos eleitos.
CEZARIO PARDO
Enviado por CEZARIO PARDO em 14/03/2018
Código do texto: T6279197
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CEZARIO PARDO
Arenápolis - Mato Grosso - Brasil, 62 anos
145 textos (7434 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/07/18 03:14)
CEZARIO PARDO