Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O lamento de um Poeta

O lamento de um poeta, se tu reclama da distância lembre-se que Deus te deu as pernas, se a estrada for escura não desista da luta pois tu ainda enxerga, se o dinheiro te domina pense na sua família que em casa te espera.

O lamento de um poeta, não julgue um livro pela capa abra, leia sem pressa, honre sua palavra, não seja igual político que só faz promessas, se cair levante não desista da guerra.

O lamento de um poeta, se tu reclama da vida, pense reflita, tem gente que não anda nem enxerga, não reclame da vasilha só a comida interessa, coma agradeça seja uma pessoa honesta, siga em frente, o relógio pára, mas o tempo não dá trégua.

O lamento de um poeta em forma de poesia, siga os dez mandamentos, intérprete melhor a Bíblia, ame sua esposa respeite sua família, ajude o próximo não reclame da vida, compartilhe o pão de cada dia, lembre-se, o sol brilha pra todos, não brigue por ouro nem por comida.
Jairo de Souza
Enviado por Jairo de Souza em 11/08/2018
Código do texto: T6416491
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Jairo de Souza
Araucária - Paraná - Brasil, 35 anos
120 textos (4849 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/01/20 18:02)
Jairo de Souza