Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fibromialgia, dores generalizada pelo corpo.
De repente, não sei o por que. As dores vão e vem, e no decorrer do dia,
Fibromialgia, ataca. Devasta qualquer emoção.
De antemão, as articulações se dobram, e a vida que parece passar,
Sem nada mudar.
A ação de tantos analgésicos, em meu corpo,
Deflagam meu corpo, que exposto gera atenção.
Não sei que fazer
Mas, peço a Deus, por estabelecer sabedoria para reumatologistas, 
Ortopedistas e outros, 
Para que haja um encontro para não se ter dor.
E, peço aos deputados, funcionários da educação, 
Como eu, uma agente de organização, a ex-diretora do Laurão,
Possamos ser melhores avaliadas, 
Pois a fadiga que nos deixa a fibromialgia,
Eita coisa danada.
Que possamos, ter respeito de todos.
Que se descubra a cura,
E que haja uma vida melhor e segura para nós fibromiálgicos,
Que se nos ausentamos no trabalho,
Não é vagabundice não.
É dor de fato, que extrapola até meus pensares.
E, a fibromialgia, dá dores em todos os lugares.
Enfim, derixo aqui minha mensagem,
E que todos acreditem, não têm como dar nota a dor,
Essa acaba seja leve, moderada, ou como ontem estava.
Duas aplicações uma de dipirona, outra diclofenaco,
E, o fato, diminuiu um pouco,
Mas, não acabou de fato a minha dor.
E, isso, há quinze anos, me levou a pesquisar mais.
No fundo, no fundo só queria viver em Paz!
Teka Castro
Enviado por Teka Castro em 12/10/2018
Código do texto: T6474283
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Teka Castro
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
1557 textos (32271 leituras)
10 áudios (195 audições)
1 e-livros (36 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/18 15:55)
Teka Castro

Site do Escritor