Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

#, COMPARTILHE E DEIXA O LIKE?

ANAMORFOSE, ARQUÉTIPO,  BLINDAGEM



O coração do ser humano quente
Envolto em suas emoções tão vastas
Faz com que boa parte dessa casta
Seja um grito de um mar de gente
Se uma tragédia ou fato culminante
Em nosso meio se desenrolar
Levantaremos um manifestar
Que nosso apoio é certo, palpitante.
Mas temo que as bandeiras de agora
Que só flamulam como causa d’hoje
Venham entrar naquele mesmo bojo
De sentimentos que ferviam outrora
Onde em suma, aproveito a fama
De alheio fato, que não me pertence
Embora eu diga que a causa nos vence
Nunca essa “causa” me venceu na cama
Meu sono permanece inalterado
Anamorfose de tantas verdades
Blindagem essa de publicidade
Feito um arquétipo de apaixonado
“Compadecido estou e sinto o baque”
Rugiu a rashtag do momento
Em breve cairá no esquecimento
Fiz tudo apenas para ganhar “likes”
Lembra a canção lançada um tempo atrás
Quando o eu-lírico ao sol declarou
“Quem ficar, ficou (mas não ficou)
Quem foi... vai... vai” Pra nunca mais.


ATENDENDO AO DESAFIO DAS TRÊS PALAVRAS DO MESTRE POETA CJ OLLIVEIRA - VISITE-O!!!
Leandro Severo II e CJ OLIVEIRA
Enviado por Leandro Severo II em 27/05/2019
Código do texto: T6657938
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leandro Severo II
São Paulo - São Paulo - Brasil, 26 anos
75 textos (3330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 06:42)
Leandro Severo II