Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Selo

Se o eu poema se for,
Quem serei?
As rimas que ecoam da alma
Não se revelam por acaso.
Tudo é sincronia.

Às vezes estou poema.
Muitas delas nem desejo.
Mas é que sou!
Sou o esquema de frases
Soltas ou unidas pelo âmago do eu sou.
Poeta sou.

Dentro de mim é poesia,
Dentro de ti é inspiração.
Não olho,
Desvendo o poema em cada emoção.
Victor Artórios
Enviado por Victor Artórios em 11/09/2019
Código do texto: T6742696
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite autoria de Victor Artórios Duavale Lobato). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Victor Artórios
Santarém - Pará - Brasil, 25 anos
20 textos (318 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/10/19 18:31)
Victor Artórios