Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavras

Soam em mim as palavras
Nos gestos, nos cheiros
Nos gostos, nas cores
Os primeiros não imito
Nos segundos me inspiro
Sempre nos gostos que gosto

Mas para meu desgosto
Nem sempre os aprovo
Das cores que olho e vejo
Copio-as se acaso posso
Se não, apenas esboço
E quando não, nem as ouso

Das palavras, que ouço
Teço-as, como um tecido
Sejam rudes ou delicadas
Mas que façam sentido
E perfumem meu ouvido
Como se remédio fossem

Guardadas na cabeceira!

Usarei a quaisquer horas
Tal qual mezinha caseira

antonio noronha-17
antonio noronha
Enviado por antonio noronha em 04/10/2019
Código do texto: T6761492
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
antonio noronha
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
77 textos (555 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 17:15)
antonio noronha