Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O TEMPO DE VIVER

O TEMPO DE VIVER

Quando criança brincava na rua
Corria pela aldeia sorrindo e a gritar
Sou eu cunhantã, Wayna kuyra
Que canto a infância da aldeia, meu lugar.

Hoje o tempo pintou meu cabelo
O branco da vida a idade mostrou
Na voz que arrastada conta pausado
Narrativas de lutas que o branco travou.

Eu digo cunhã senta aqui para ouvir
A fala anciã que procura orientar
Tua garra, teu eco por direitos violados
A aldeia e cidade precisam abraçar.

A idade chegou, meu cabelo esbranquiçou
Meu tempo mudou, mais lento ficou
Meu lugar na aldeia não perdeu o valor
Velho? Sou a sabedoria! Sou o tempo, sou doutor.
Márcia Wayna Kambeba
Enviado por Márcia Wayna Kambeba em 02/10/2020
Código do texto: T7077418
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Márcia Wayna Kambeba
Belém - Pará - Brasil, 42 anos
126 textos (20279 leituras)
11 áudios (1206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/04/21 20:19)
Márcia Wayna Kambeba