Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Centralização

Caminho solitário na rua...
A noite não deixa ninguém
Relâmpagos brilham num céu escuro
Anunciando uma vinda improvisada
A poeira do solo úmido cobre os meus pés
Já não me sinto firme no chão.
Folhas rebatem fulgorosas
Palmas de um espetáculo vazio!
A poesia já não encanta mais
Os versos já perderam o sentido
As matérias de jornal não me dizem nada
E nem as últimas fofocas dos artistas!
E me torno a pensar...
O que devo fazer?
O que devo pensar?
O que devo prover?
Perguntas tão solitárias
Como este solitário caminhante
Subindo a ladeira da misericórdia...
Eduardo Oliveira
Enviado por Eduardo Oliveira em 04/06/2009
Reeditado em 05/06/2009
Código do texto: T1631983

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Eduardo Oliveira
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 30 anos
123 textos (6110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 00:48)
Eduardo Oliveira