Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PELE DE ALMA*

Mesmo que tardia a noite
cai em meus braços...
Tento tocar a face dos meus
medos:

-Partir sozinha.
Parir sorrindo um grão
da minha existência.

Me compadeço do humano
que em mim reage:
Estranho meus passos em
espirais tentativas:
Vernelhos: olhos e gengivas.

Na Flor dor meus nervos
carnais interrogativas:
tensas- ternas- vivas!

Me acanho e me acalmo
Me recebo no colo de Deus...
Eternos sejam os alívios
e todas as luas vigiadas

Mesmo que tardia a poesia
sossega em meus dedos...

by Lu
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 24/10/2010
Código do texto: T2576256

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 50 anos
1215 textos (65072 leituras)
47 áudios (3156 audições)
1 e-livros (122 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/05/21 23:58)
Luciane Lopes