Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA MÍSTICA VIAGEM... DE FILHO PRÓDIGO

                   Retorna, enfim, para a casa... aquele que jamais dela saiu
                                         E assim voltou... aquele que nunca partiu
                    A quem há tempos foi estrangeiro... em sua própria terra
                                                         Exilado... em seu próprio país

E destarte fui!
Dos escuros dias em que me apartei... de mim mesmo
Do vivo cadáver que a morte me respeitou... sei lá por quê
Não sei se por piedade de minh’alma
Ou, quem sabe, por escárnio... a rir de meu infortúnio
Ainda que tanto eu a queria
Embora sepultado eu, pois me via
Inebriado pela volúpia de desejos sem fim
A gargalhar do perigoso brinquedo que... é a vida... e o viver
Fatigado por mil fantasmas oriundos de meus medos
E engolido pelo pavor das nefastas figuras que eu mesmo criei
E selvagem igualmente fui pelo o que em tal grau os odiei
Mas deixa prá lá!...

                                                                           para aonde fui?
                                                  E por que nest’instante regressei?

Do pó levado pelos ventos de cada dia
Sem destino... sem estância
Mas somente indo... sem chegar a lugar algum

                                                                       E se valeu à pena?
                                                               Ó glória de se ter valido!
                                  Pelo que realmente neste mundo passei e vivi!

Ah, repetiria a mesma viagem... milhões de vezes
Caso o tempo, deveras me agraciasse
Nesta jornada que tão distante fui
Mesmo sem nenhum dia ter saído... daqui



Paulo da Cruz
Enviado por Paulo da Cruz em 06/06/2018
Código do texto: T6357027
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Paulo da Cruz
Curvelo - Minas Gerais - Brasil
2085 textos (34647 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/01/20 12:38)
Paulo da Cruz