Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BRINCANDO DE S'ESCONDER

   Não! não ficou para sempre...
        Mas, d’onde e por que ela veio?
   A traçar seu rumo, quem sabe, ao vento
           A escrever sua estória no tempo

  E a primavera... chega
    E a primavera... vai embora
 Mas suas flores... ficam... pelas mãos que delas cuidam
     E a primavera... volta!

   Não! não fugiu eternamente
      Mas, para aonde e por que ela s’escondeu?
            Seria no curso do vento?
         Seria nas esquinas do tempo?...

                     *************************

                          20 de dezembro de 2018
Paulo da Cruz
Enviado por Paulo da Cruz em 20/12/2018
Reeditado em 20/12/2018
Código do texto: T6531959
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Paulo da Cruz
Curvelo - Minas Gerais - Brasil
2062 textos (33699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 03:26)
Paulo da Cruz