Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUTILMENTE



Suave se fazia
Tão terna ...
Quanto a luz do dia!
E deixava-se encantar
Por tudo que o seu olhar
Magicamente fitava ...

A vida lhe era reluzente
E compunha alegria
Na poesia da tristeza!

Colorindo assim ...
O interminável céu sem fim!

Flor Noturna
Enviado por Flor Noturna em 21/04/2019
Código do texto: T6629207
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Flor Noturna
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
31 textos (735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 15:57)
Flor Noturna