Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DA ESSÊNCIA PARA A EXISTÊNCIA... E DA EXISTÊNCIA PARA A ESSÊNCIA

        Viver
            Ser
        Vivência
   Da eternidade... para o tempo
     Do tempo... para a eternidade
         E no final de sua jornada... transcender
       E assim, vem... para ser

            Mas, teria princípio?
    Seria, pois infinito?
       Não sei!
 E, se terminará?
   Deveras que mais ainda não sei!

     Existir
       Estar
   Existência
    Da maternidade... para o mundo... (nascer)
 Do mundo... para o cemitério... (morrer)
        Da liberdade... para a escravidão
  Da escravidão... para a liberdade

  E assim, eis qu’ele veio... o Homem!
    A ficar aqui, por enquanto... par'aprender
E, portanto, que ninguém s'esqueça:
   "Por enquanto"!
 
    Por quanto tempo?
     Ah! Francamente alguém com isto s'importá?
       Certamente que sim!
(quando o que muitos querem - senão todos - é ficar aqui para sempre!)

      O Homem... em formação!
   Pelo qu'ele no tempo... é informado... pela Verdade
     Pelo que também s'é deformado... por mil mentiras
  Devorado por infindáveis...desejos
   Carcomido pela cobiça... estragado pela ganância
     Triturado por ilusórios e nefastos... medos
   Sufocado por milhões de dúvidas e inseguranças
       E, deste modo, vivendo... e morrendo... a todo instante
   Porém, sempre... se transformando!

       Pelo qu'em tal grau se consome... aqui
    Não tanto... no tempo... (prazo da humana odisseia)
  Nem tampouco somente no mundo... (sacro espaço de nosso calvário)
      Mas, sobretudo... com o tempo
         E... com o próprio mundo
    (o qual construímos... e que igualmente nos esculpe)
       Até se consumar... para a eternidade
          Nossa real... e verdadeira... morada

                       Nascer...
                             Viver...
                                 Morrer...
                                     Ressuscitar...
                                                    Ser...

   
                          ***********************

                               19 de junho de 2019
Paulo da Cruz
Enviado por Paulo da Cruz em 19/06/2019
Reeditado em 19/06/2019
Código do texto: T6676546
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo da Cruz
Curvelo - Minas Gerais - Brasil
2058 textos (33589 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 05:59)
Paulo da Cruz