Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soturno

Obro em ti, meu coração inquieto.
Moldo as dores, eu suavizo os cortes.
Sou o poeta do medo, Opero  em segredo..
Sao meus cães e amigos, os a beira da morte.
Nunca venço, e não me castigo.
Os olhos que tudo vêem, estão sempre comigo.
Se me firo agora, me recolho e cicatrizo.
São os duros momentos, os que aprendo e eternizo.
Thiago Herek
Enviado por Thiago Herek em 11/09/2019
Código do texto: T6742694
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Herek
Londrina - Paraná - Brasil, 40 anos
159 textos (3335 leituras)
3 áudios (56 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/09/19 04:11)
Thiago Herek