Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMANHÃ NÃO SEI


Sentada aqui estou
Diante do palco da vida
Olho para os lados, tanta gente mas eu não vejo ninguém
As cortinas se abrem e lá está ela;
A Vida
se desnudando
sob meu olhar incrédulo me
arrancando risos, lágrimas e
sendo aplaudida de pé.
Que show !!
Linda, maravilhosa
Me rodopiando nas quatro
Estacoes da Primavera de Vivaldi
Nas sinfonias de Bethoven,
algumas vezes sob o toque do silêncio, me arrancando lagrimas copiosas, questionamentos, seus valores.
Exposição da minha história liricamente contada, em forma
de versos e trovas, de flores, de rosas.. de todas as maneiras.
Vida que me trouxe vida
Vida morrendo
Vida nascendo
Sentimentos inversos
Humanos animais
Animais humanos
Lágrimas de alegria
Lágrimas de tristezas
Vitórias e derrotas
Seriamente lúdica eu vivo
Brinco de correr contra o tempo
De esconde esconde das tristezas
De pula pula dos problemas
De correr nas chuvas de verão para esquecer os dias frios do inverno.
Levo a vida e ela me leva
viver, amar e rir até a barriga doer
As cortinas um dia vão fechar
Meu show vai terminar
Tudo silenciará
Serei cinzas ao vento espalhadas
pelas estradas por onde andei
Minhas histórias poucos vão lembrar.
Hoje serei eu, porque amanhã não sei..
Hoje Bom Dia, Boa tarde e Boa Noite
porque amanhã, amanhã não sei.
Linda amaral
Enviado por Linda amaral em 03/12/2019
Código do texto: T6809503
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Linda amaral
São Paulo - São Paulo - Brasil
80 textos (1916 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/19 00:34)
Linda amaral