Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coisas de esquina

Mãe de alberto, ex-mulher de esquina,
É também mãe de Gilberto,
De Paulo e de Paola.

Alberto; Filho de Bebeto, o marido.
Gilberto; Filho de José, amigo de Bebeto.
Assumido por Bebeto, Silêncio!

No segundo casamento, com Benêdito,
Veio Paulo, Filho de Paulo, segurança da casa.
Veio ainda, Paola,
Que assumiu a homosexualidade em seu décimo quarto ano,
Junto ao filho do segurança.

São irmãos, mas o incesto é secreto.
Se é secreto, é correto,

Assim como Gilberto, de trinta,
Pai da filha de empregada, de quinze.
Sim, ele se lembra, ela de quatro.

Parece pesado,
Mas o peso vem desta pequena cabeça,
Que com tão pouco,
Se esquenta.

E nem falei do pobre na esquina,
Do seu vidro fechado, também na esquina.
E de sua maldade,
Que de medo não adormece,

Com medo do seqüestro,
E dos centavos a menos,
Que podem sumir na esquina.
Bruno Fernando
Enviado por Bruno Fernando em 12/08/2008
Reeditado em 08/06/2011
Código do texto: T1125363
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Bruno Fernando). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno Fernando
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
69 textos (2871 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/19 03:12)
Bruno Fernando