Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FORMADORES DE CONSCIENCIA


É necessário formar consciência,
Para não calar a voz do poeta,
E fundamental gritar a nação
Para nascer essa exigência.

E preciso aflorar nova esperança,
Para o poeta sonhar,
E o leitor acordar em reflexão,
Se uma porta fechar, outras se abrirão.

E indispensável á literatura,
Buscar coisas escondidas,
Como: desigualdade, corrupção,
Escravidão e até amores não correspondidos.

E obrigação do poeta,
Incomodar, ver, agir e julgar,
Ter esperança, e se questionar,
Onde passos nossos, vão chegar?

Sabemos que é difícil
Cumprir cada verso,
Nesse sistema desenfreado,
Quase tudo está mal equilibrado.

E o poeta ainda esperando,
Em suas quadras martirizando,
A estrofe vai compondo,
E seu ego, caminhando.

Pensa no amor...
Na dor do irmão...
Nos fracos e nos fortes,
Na paz e na guerra de cada nação.


Tem boca muda...
E sabe falar...
Nas ondas das frases
Deixa-se navegar.

Pergunta e se questiona,
Se, pode sonhar?
Nesse sistema de desigualdade
A onde isso tudo vai parar?

Acredita novos dias virão,
Muito tempo não dura a mentira,
Se a politicagem e a igualdade
Não se comungar...
Leões enjaulados vão se criar,
E todo esse paraíso...
Pode se acabar...






Alci Santos Vivas Amado
Enviado por Alci Santos Vivas Amado em 31/07/2006
Código do texto: T206171


Comentários

Sobre o autor
Alci Santos Vivas Amado
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil, 75 anos
238 textos (35652 leituras)
2 e-livros (141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/02/21 14:46)
Alci Santos Vivas Amado