Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

... Ismo


O bramido gelado inflama minha libido.
No ar, incrustado, vazio e reprimido.
        Erro, berro e enterro o proibido,
        Mas o esforço é em vão pelo peso escondido.

Cantando triunfante, imperador e governante.
Ledo impregnante, sendo, eu, o mais distante.
        Vivo velho, calado, por mim e angustiante.
        Por alguém, pelo cadáver, quieto e gratificante.

Taciturno, moradio, lapidado e arredio;
Mas presente, aracnídeo, trovador e bem tardio.
        Conto ao canto que o pranto é brando quando prestigio,
        Mas logo espanto o canto, que do conto não faz fio.

Voraz e verossímil na avareza avassaladora,
Segue, lento, aquele míssil, rumo à pátria salvadora.
        Via vultos, várias valas, velejando a vento em popa.
        Sacrificando suas malas, salvando bala de metralhadora.

------------------------------
Para refletir sobre o egocentrismo...
Rafael S P Valle
Enviado por Rafael S P Valle em 08/08/2006
Reeditado em 08/08/2006
Código do texto: T212073
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Rafael S P Valle
Itu - São Paulo - Brasil
225 textos (6578 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/04/21 11:57)
Rafael S P Valle