Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BASTA!!!... Digo eu!!!

Eu vos faço uma pergunta
Não sei se terei resposta:
Como pedir um BASTA
Se formos à própria escoria?
Pedir um Basta para quem nesta trajetória
De crimes contra a Mãe Natureza?
Cuja natural beleza,
Depedramos na busca das incertezas!!?
E fazemos transformações...
Agredimos todos os instantes o seio do seu coração!!!
Ah Mãe Natureza!!! Faças tu esta limpeza,
Como no dia do “Juízo Final”!!!
De um BASTA nesta corja de animais,
Que te corrompe... Acaba com esta sujeira!!!
Que se separe a escoria na metamorfose humana,
Que se encontre a "nata" nessa escolha
Escolha completa?
Será possível?
Por que não tentar?
BASTA de tantos BASTAS!!!
Mãe Natureza coloque tuas mãos em ação!!!
Se nada tem para se aproveitar
Mesmo na escoria humana
Onde prolifera toda a "nata"
Que de "nata" nada são,
E mas se diz o ser... que ilusão!!!
Pobres doentes da alma e do coração!!!
BASTA
De tanto se mexer se a escoria nunca o deixa de ser
Por que NÓS não mexemos no nosso "umbigo"
Para onde sempre olhamos
E colocamos tudo em perigo!
Até mesmo as nossas próprias vidas!!?
E não para o Planeta que se degrada
Em cada Palavra e atos da escoria humana!??
BASTA!!!!
Para de olhar ao teu lado o planeta degradado
E preocupa com o “teu próprio mundo" desorganizado
Mesmo que ao lado estejam seres amados!!!
Mudaaaaaaaaa maldita sociedade!!!
Muda... E o mundo será mudado!!
O Planeta recuperado!!!
BASTA digo eu!!!
De pedir um BASTA
Quando surrupiam o BASTA
A quem o tem de direito!!!
A Mãe Natureza!!!!

Um Dueto: CAMAFECA  & Reinadi Rodrigues Sampaio (florbellaba)

BOSTON UK 19/01/2007.
CAMAFECA
Enviado por CAMAFECA em 30/01/2007
Reeditado em 15/05/2007
Código do texto: T364202

Áudio

Comentários

Sobre o autor
CAMAFECA
Portugal, 57 anos
140 textos (9611 leituras)
47 áudios (3578 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 18:32)
CAMAFECA