Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NUDEZ




Cai o pano que cobre o corpo
Desvenda o mistério imposto
Aos olhos nada sobra além do olhar
Há pouco, muito pouco para justificar
Tudo se foi, mas nada ficou clareado
A palavra dita foi forte, retumbou
O corpo tremeu e o pano caiu outra vez
Tornou-se venda ante os olhos da justiça
Pouco ficou, nada foi dito nem ouvido
Quem queria saber a verdade, não soube
Sentiu-se nu perante a mentira exposta
A pergunta ficou sem resposta
Ninguém falará...
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 21/08/2005
Código do texto: T44249


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (952735 leituras)
16 áudios (8941 audições)
311 e-livros (34558 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/07/20 01:28)
Denise Severgnini