Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pobres crianças: crianças pobres


Crianças criadas cruas para vida
Ardendo em inconfortável sol
Queimando e esquartejando peles nuas
Semi-nuas e famintas

Autoridades passavam
Viam e viravam os rostos
Estavam pensando no almoço
Longe pensariam: “isso daí é minha culpa
Eu tenho o dever legal para alterar essa situação”


Crescendo nas trevas da hipocrisia
Alimentando-se no leito da agonia
Não possuindo corpos, só formas
Nas quais as costelas pintam as cores da dor
Que se prepara para um longo sono
Onde nem uns pequenos ternos de madeira encobrem
E a solução é cobri-los com terra
Escondendo os olhos loucos por alimento que talvez acrescessem seus destinos
Que nem cresceram: “a fome”,
“a sede”, “as drogas”, “a loucura”...
Onde o Estado mesmo disse:
“Isso é bom pelo menos eles se esquecem disso tudo
Morram!
Pois essa é minha voz já falida
Que gasta o suor de muitos
Em futilidades que um belo chute
Ou um belo carro alegórico escondem
E se me perguntassem: ‘quem paga tudo isso?’
É o futuro
Crianças criadas cruas para vida”
Raul Lennon
Enviado por Raul Lennon em 15/08/2007
Código do texto: T607920

Comentários

Sobre o autor
Raul Lennon
Quixeramobim - Ceará - Brasil, 34 anos
32 textos (1658 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/05/21 01:07)