Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAL DA MINHA TERRA
Lilian Maial


Não sei mais onde anda aquela louca felicidade,
Nem por que vielas tortas se perdeu a inocência.
Era tão cedo o nascer das manhãs!
É tão tarde nos dias de hoje ...
Ah! Minha pátria amada!
Em teu seio, quantos de teus filhos ainda liberdade?
Tudo o que se planta é fel,
Tudo o que se extrai é capital!
Em que lugar semeio este amor?
Ensina, mãe gentil, como fazer vingar a fé nessa gente que luta!
Idolatrada, ajuda teu povo de humanas raizes a te honrar!
Abre fendas sob os pés que te expoliam!
Engole os ímpios de um ano futuro irmão!
Acalma a fome de paz e pão!
Faz lembrar aos filhos deste solo não temer a própria morte!
Oh! Pátria amada!
Salve! Salve!

***********
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 24/05/2019
Código do texto: T6655675
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1177 textos (264542 leituras)
21 áudios (13961 audições)
3 e-livros (1499 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/19 23:12)
Lílian Maial

Site do Escritor