Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O inferno é aqui

E a escuridão nos toma
E a escuridão nos leva
Somos apagados da história
Entregues ao silêncio de covas coletivas
Em cemitérios clandestinos

Aqui é o inferno
Criado por homens
E nem os anjos nos salvam
Da solução final
Sinto nojo

As doenças nos tornam pó
Somos carcaças famintas
Sangue no chão
A gente queima
O gás carbônico sufoca
Carroças cheias de corpo
As criaturas na lama
Pilhas de sapatos

A guerra feita desculpa
Todos correm atrás do dinheiro
Do prazer e da bebida
O fim do mundo e o salvador
Nunca vão chegar

Aqui é o inferno
Deus nos abandonou
Largou a gente aos lobos
A fé não passa de mentira
Ou somos escravos
Ou somos sabão

Não há outro lugar
Somos dominados, apedrejados
Espancados, esquartejados
Sem misericórdia
Ouça os gritos
Ouças as orações
Nos olhos brilha desespero
Nos corações canta o ódio

Nos fuzilam
Nos estupram
Nos enforcam
Nos enterram vivos
Tudo fede
Tanta fumaça
Tanto arame farpado
Tanta fome
Tanta violência
Pessoas só a pele
A morte em todo canto

Aqui é o inferno
E tudo o que faço
Tentar esquecer
O que vejo

Pessoas jogadas na calçadas
Nóias perambulando pelas ruas
Crianças pedindo dinheiro nos faróis
Moças semidespidas nas esquinas

carlos assis
Enviado por carlos assis em 17/02/2020
Código do texto: T6867801
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
carlos assis
São Paulo - São Paulo - Brasil, 63 anos
3126 textos (131540 leituras)
3 e-livros (59 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 09:43)
carlos assis